Estafeta “motoboy” brasileiro em coma após levar soco de cliente

Desentendimento sobre o local de entrega levou a agressão. A vítima foi submetida a uma cirurgia craniana de várias horas.

LEIA TAMBÉM: Quais são as “pegadinhas” na língua portuguesa para brasileiros em Portugal?

LEIA TAMBÉM: Portugal reinventa turismo para recuperar economia local no pós-pandemia

LEIA TAMBÉM: Portugal vai inaugurar a maior ponte suspensa para pedestres do mundo

Estafetas brasileiros no Porto em dia de protesto. (Foto-Estafetas de Vila Nova de Gaia)

Um estafeta de entrega de comida ficou em coma induzido no Hospital Garcia de Orta depois de ter caído inanimado num desentendimento com um cliente na zona do Seixal.

Segundo informações de colegas de trabalho, o caso aconteceu no domingo à noite na região do Fogueteiro, concelho do Seixal, próximo a Lisboa e aparentemente o entregador foi esmurrado pelo cliente, por um desentendimento sobre o local da entrega. Já que o cliente afirmava que o entregador deveria levar sua refeição até o 5º andar do prédio. Como o enrtregador se recusou a subir, O cliente desceu e acertou um soco em Hudson Bonsucesso Nazaré, de 32 anos, que é de Belo Horizonte e trabalha como motoboy há três anos.

O cliente de 34 anos já foi identificado pela polícia e encaminhado a delegacia, após uma manifestação de estafetas acontecer em frente a porta de sua casa.

A esposa do motoboy, Raquel Nazaré, cuidadora de idosos, contou ao advogado Marcel Borges que aquela era a última entrega no dia de Hudson, que operou um dos joelhos há quatro meses. O próprio agressor chamou a polícia.

O advogado Marcel Borges, fala sobre a vida dos estafetas ou motoboys em Portugal !!

os mais lidos7915 times!

COMPARTILHAR