Brasileiros falam português ou “Brasileiro”???

Por Laurindo Suassuna.

Obviamente no Brasil se fala Português. Uma língua que chegou ao Brasil através dos portugueses que descobriram e colonizaram a região por volta do ano de 1500. Mas então por que muitos portugueses dizem que os brasileiros falam “brasileiro”?

LEIA TAMBÉM: Lisboa aposta num transporte que respeita o distanciamento social: a bicicleta

LEIA TAMBÉM: Brasileiros já podem viajar para Portugal?

LEIA TAMBÉM: Portugal vai punir passageiros que se negarem a fazer teste

Lisboa e Rio de Janeiro são a imagem dos países no mundo. (Imagem-CWB)

Quando um brasileiro vive ou visita Portugal, algumas das piadas mais comuns que se ouve são: ‘Fale direito, não entendo nada do que você diz’, ou ‘Você precisa aprender a falar português’. Esse tipo de comentário é por muitas vezes descabido, já que os portugueses, em sua grande maioria, compreendem perfeitamente o português do Brasil, pois foram criados a base da cultura brasileira. As novelas e a música brasileira, fazem parte do cotidiano dos portugueses há décadas, tornando a entonação, as expressões e os hábitos do Brasil, lugar comum no cotidiano de Portugal. 

Basta passar um dia em qualquer cidade de Portugal, que você certamente verá na TV ou ouvirá no rádio o português do Brasil falado e cantado em verso e prosa. As novelas brasileiras batem recordes de audiência em todas as emissoras. A música brasileira está em todas as rádios, onde tocam nem só os artistas famosos no Brasil, já que muito peculiarmente, Portugal têm suas próprias estrelas brasileiras. Artistas brasileiros ou descendentes de brasileiros, que nasceram, cresceram e fizeram fama somente em Portugal, e que são totalmente desconhecidos no Brasil. 

Mas então qual é o problema com o português do Brasil? Uma língua se torna errada apenas por que soa diferente? Isso não deveria acontecer, principalmente em Portugal, onde o português varia drasticamente de uma região para a outra, mesmo em um país relativamente pequeno. Onde em uma conversa de poucos segundos, é muito simples identificar se o cidadão é de Lisboa ou do Porto. Se você é do interior então, mais fácil ainda. Os próprios portugueses têm dificuldade de compreender as pessoas do interior, especialmente as mais idosas. 

Daí vem a próxima pergunta, qual é o português correto, que alguns portugueses pedem para os brasileiros falar? Se mesmo dentro de Portugal a língua tem gigantescas variações de sotaques e de expressões…  

Em Portugal “caralho e foda-se”, são termos usados como vírgula por grande parte da população. Isso provavelmente não faz parte do português original que alguns acham que os brasileiros deveriam falar. 

Existe um Português original? Quem fala esse Português, em qual região se fala essa língua? Se isso existe, todos os outros falam errado? 

Claro que não, todas as línguas sofrem constantes mutações com o passar do tempo. As fronteiras tem uma forte influência sobre isso, onde a língua falada “do outro lado da ponte”, se faz presente na cultura e no dia-a-dia daquela região. Essas expressões e formas de falar, invadem o cotidiano e acabam se incorporando a língua local, que o tempo faz o favor de espalhar e implantar como característica daquela sociedade.  

Portugal, assim Brasil, sempre “sofreram” com essas influências, onde no Brasil tudo ganha maiores proporções, devido as dimensões continentais do país. O fato do norte do Brasil ser muito distante do sul, faz com que os povos locais tenha menos contato, e com isso, recebam muito menos influências no desenvolvimento de suas próprias culturas e sotaques.  

Além de Portugal e Brasil, mais sete outros países no mundo falam a língua lusitana, no total quase 300 milhões de pessoas falam português, mesmo que em alguns desses outros países, o português não seja a língua oficial. 

Se tirarmos dessa conta o Brasil, apenas 72 milhões de pessoas falariam e espalhariam o português pelo planeta. Mesmo com suas diferenças, a língua só ganha com o português sendo falado por cada vez mais pessoas. 

Essas variações acontecem com todas as línguas, o caso mais similar está no inglês, que tem enormes variações entre o que é falado na Inglaterra e o que é falado nos Estados Unidos. As dimensões territoriais entre os dois países também reforçam essas semelhanças. Assim como o Brasil, os Estados Unidos também tem gigantescas variações da língua dentro do seu próprio território, devido as suas dimensões continentais.  

Nos EUA e no Brasil, existe preconceito com a língua dentro dos próprios países. Geralmente entre as pessoas que moram nas capitais e as que vivem no interior.  

O mais estranho e incompreensível é que, se um americano chega ao Brasil e tenta falar português, ninguém diz para ele: ‘Fale direito, não entendo nada do que você diz’, ou ‘Você precisa aprender a falar português’. o mesmo jamais aconteceria com o mesmo americano em Portugal. Ou um francês, um italiano ou um russo. Esse preconceito é nosso, coisa de brasileiro, de português, sei lá… 

E você, o que acha? Deixe sua opinião nos comentários…

Português vs Brasileiro. A guerra das palavras e expressões !!!

os mais lidos1173 times!

COMPARTILHAR