Lisboa aposta num transporte que respeita o distanciamento social: a bicicleta

Prefeitura de Lisboa dá reembolso de 500 euros para compra de bicicleta. Diversas faixas de carro e vagas viraram ciclovias. A cidade tem hoje 105 km de malha cicloviária, e a meta é ampliar para 200 km até 2021.

LEIA TAMBÉM: Marisa Orth: ‘Portugueses ficaram horrorizados por eu ter saído na Playboy’

LEIA TAMBÉM: Brasileiros já podem viajar para Portugal?

LEIA TAMBÉM: Portugal vai punir passageiros que se negarem a fazer teste

Lisboa aposta num transporte que respeita o distanciamento social: a bicicleta. (Foto-CWB)

O transporte por bicicleta ganhou incentivo do município de Lisboa, capital de Portugal. Quem mora ou trabalha na cidade pode ganhar um reembolso de até 500 euros (cerca de R$ 3 mil) caso compre a bicicleta nas lojas credenciadas. O programa prevê uma verba de 3 milhões de euros.

A ideia é incentivar o deslocamento sustentável sob duas rodas. Além disso, a prefeitura também transformou faixas de carro e vagas de estacionamento em ciclovias. Atualmente, Lisboa tem 105 km de malha cicloviária. A meta é ampliar para 200 km até 2021.

“Criamos uma cidade mais saudável, uma cidade mais verde, uma cidade mais sustentável. Mais espaço para as pessoas, humanização do espaço público, mais espaço ao ar livre, mais segurança, mais saúde, mais sustentabilidade”, diz Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa.

A alternativa pela bicicleta também tem sido incentivada para evitar a lotação do transporte público e reduzir a poluição da cidade. Uma das preocupações é manter o distanciamento social e tomar todas as medidas de segurança para diminuir a disseminação da Covid-19.

Conheça o Vale do Douro, casa dos maiores vinhos de Portugal !!!

os mais lidos415 times!

COMPARTILHAR