Cidade de Ovar, em Portugal, decreta estado de calamidade

Presidente da autarquia anunciou ainda 35 infetados, mais cinco do que os anunciados pelo Governo, e alguns suspeitos.

LEIA TAMBÉM: Todas as escolas fechadas em Portugal a partir de segunda-feira

LEIA TAMBÉM: Com 25 casos confirmados, Portugal adia futebol, eventos e cancela mais de mil voos

LEIA TAMBÉM: Mulher infectada com coronavírus dá à luz em Portugal

O número de casos confirmados duplicou nas últimas 24 horas. (Foto-Global)

O Governo declarou estado de calamidade pública em Ovar devido a epidemia de coronavírus. “A cidade ‘fecha’ esta noite”, informam autoridades locais na tarde desta terça-feira, e confirmaram que Ovar tem 35 pessoas infetadas com coronavírus e 440 em isolamento.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, confirmou a criação de uma cerca sanitária no município, com exceção para profissionais de saúde, bombeiros, etc.

Fica vedada o acesso de todos ao município de Ovar. Restrição atividade econômica e de pessoas no município.

A Linha do Norte dos trens continuará a operar, mas não haverá entrada nem saída de passageiros. Serão também interditas todas as atividades comerciais no município.

No setor alimentar, os supermercados e as padarias permanecerão abertas, assim como as farmácias, bancos e postos de combustíveis.

Presidente da Câmara de Ovar fala ao País

Salvador Malheiro confirmou em pronunciamento os 35 casos de coronavírus no município, cinco a mais do que os confirmados pelo Governo e há vários suspeitos que tem uma “elevada probabilidade” de serem positivos. O presidente da autarquia garantiu que não vai ser permitido ficar nas ruas e que os estabelecimentos que não sejam essenciais serão fechados, assim como a cidade. “Será extremamente difícil entrar”, garantiu Salvador.

“Temos famílias inteiras com possibilidade de estarem contaminadas com o vírus”: Disse o presidente da Câmara de Ovar ao anunciar estado de calamidade devido ao coronavírus.

Abaixo segue a nota da República Portuguesa, a Administração Regional de Saúde do Centro, que iniciou a medida limitativa.

“(…) determino o encerramento de todos os estabelecimentos comerciais e de serviços não essenciais, bem como a limitação de movimentação, de pessoas, de e para o Concelho de Ovar, devido à existência de perigo para a Saúde Pública, nomeadamente o risco de contágio de COVID e como medida de contenção pelo período de 18/03/2020 a 02/04/2020”, lê-se.

“O número de casos confirmados em Ovar mais do que duplicou. Temos hoje mais de 30 casos. Perante tudo isto, em articulação com a DGS, o Munícipio de Ovar vai entrar em quarentena geográfica. Todo o nosso perímetro vai ser isolado”.

VIDA PT: Quais são as diferenças entre o português do Brasil e Portugal?

VIDA PT: Regras para votar, justificar ou transferir seu título para as próximas eleições

os mais lidos12748 times!

COMPARTILHAR