Evento reúne astros e estrelas do cinema e da televisão em Lisboa


Por RALF FURTADO.

O “FESTin” Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa está na sua décima edição. Para comemorar uma década de existência, esse ano o festival estende sua programação a novos espaços. Além do Cinema São Jorge, este ano, o Instituto Cervantes, o Fórum Lisboa e o Cinema City Alvalade são locais que acolhem o FESTin.

LEIA TAMBÉM: Dos dias 23 a 25 de maio tem a 1ª Expo Amazônia em Lisboa

LEIA TAMBÉM: Zeca Pagodinho faz show na cidade do Porto em Portugal

LEIA TAMBÉM: Marcello Antony posa com a mulher em Portugal antes de se mudar

Imagem de divulgação do FESTin. (Imagem- Reprodução)

A festa de abertura do evento, foi realizada no Forum Lisboa e reuniu algumas das maiores estrelas do cinema e da televisão do Brasil, de Portugal, Cabo Verde, Angola e outros países de língua portuguesa.

Entre curtas e longas-metragens estão sendo exibidos ao todo 45 filmes. O Brasil está em destaque com seis títulos na Competição de ficção. Aos Teus Olhos, obra de Carolina Jabor, foi escolhido para a abrir o festival e aborda o linchamento público através das redes sociais; Ferrugem, de Aly Muritiba onde o mesmo tema é tratado, mas da perspectiva da adolescência.

A Competição de documentários apresenta filmes das mais diversas origens da língua portuguesa: o angolano Início do Fim, que narra a realidade da imprensa e da democracia após as eleições do país em 1992; a coprodução entre Portugal e Cabo Verde, Tarrafal – Dez Pancadas no Carril, sobre a repressão salazarista; e Missão 115, que reconstrói o atentado à bomba que tentava frustrar a democratização do Brasil, em 1981.

As problemáticas do universo feminino também serão tema de algumas obras, tais como: Marias da Sé (Portugal), Saudade Mundão (Brasil) e Lusófonas (Angola, Moçambique, Portugal e Brasil).

Fora da Competição, o universo indígena é o foco de Ex-Pajé, obra de Luiz Bolognesi estreada no Festival de Berlim. Em Karingana – Licença para Contar, um belo ensaio que reuniu a cantora brasileira Maria Bethânia e os escritores Mia Couto, moçambicano, e José Eduardo Agualusa, angolano.

VIDA PT: Quais são as diferenças entre o português do Brasil e Portugal?

VIDA PT: Regras para votar, justificar ou transferir seu título para as próximas eleições

os mais lidos269 times!

COMPARTILHAR