Goleiro brasileiro Renan Ribeiro defende três pênaltis e põe Sporting na final da Taça da Liga de Portugal

Por GE.

Goleiro brasileiro brilha após empate em 1 a 1 no tempo normal. Decisão será neste sábado, contra o Porto.

LEIA TAMBÉM: Em busca de carreira na Europa, jovens brasileiros ‘invadem’ liga portuguesa

LEIA TAMBÉM: Bruno César está próximo de deixar o Sporting e retornar ao futebol brasileiro

LEIA TAMBÉM: Com gol do brasileiro Soares, Porto vence o Varzim pela Taça da Liga de Portugal

Renan Ribeiro defendeu três pênaltis e garantiu o Sporting na final da Taça da Liga de Portugal — (Foto: Twitter/Sporting CP)

O goleiro brasileiro Renan Ribeiro, ex-São Paulo, foi o herói da classificação do Sporting para a decisão da Taça da Liga de Portugal. Depois de empate em 1 a 1 no tempo normal, o camisa 40 fez três defesas na disputa por pênaltis e garantiu a vitória por 4 a 3 sobre o Braga, na semifinal disputada na casa do adversário. A final será neste sábado, contra o Porto, novamente no estádio do Braga.

– Trabalho com pessoas de alto nível e isso exige, treino após treino, trabalhar forte para chegarem estes momentos e ajudar a equipe. Os torcedores merecem, vamos para a final, vai ser um jogo muito bom de jogar e acredito que podemos vencer – afirmou Renan Ribeiro após a semifinal, segundo o site português O Jogo.

O time da casa reclamou bastante por ter tido um gol anulado com atuação do VAR, no início do segundo tempo, quando o placar já marcava 1 a 1. A conclusão da jogada foi legal, com João Novaes completando de cabeça o cruzamento de Wilson Eduardo, mas a arbitragem, após consultar o vídeo, entendeu que houve falta do brasileiro Dyego Souza em disputa com Acuña na origem do ataque.

O Braga saiu na frente com um gol de Dyego Souza logo aos três minutos de partida. Aos 37, Acuña cobrou escanteio e o uruguaio Coates empatou de cabeça. Além do gol do Braga anulado, o VAR entrou em ação em outros dois lances de área no segundo tempo. Aos 35, Dyego Souza pediu um pênalti em jogada com Ristovski na área, e aos 40 foi a vez do Sporting reclamar um puxão em Coates na área do Braga, mas nos dois lances o juiz não viu penalidade.

Na disputa por pênaltis, Bas Dost perdeu a primeira cobrança para o Sporting, tendo o chute defendido por Marafona, goleiro do Braga. Em seguida, Renan Ribeiro também impediu o gol de Ricardo Horta. O Sporting perdeu de novo: Coates acertou a trave. Mais um pênalti perdido, agora do Braga: Paulinho no travessão.

Bruno Fernandes, enfim, fez 1 a 0 para o Sporting, e em seguida Renan Ribeiro pegou seu segundo pênalti, batido por Murilo. Marafona também defendeu o chute de Nani, e Marcelo Goiano empatou para o Braga. O brasileiro Raphinha fez 2 a 1 para o Sporting, e Dyego Souza igualou novamente na quinta cobrança do Braga.

Na série de cobranças alternadas, Rivstivski acertou para o Sporting, Claudemir para o Braga, Jefferson fez 4 a 3, mas Renan Ribeiro garantiu a classificação com sua terceira defesa, na cobrança de Ryller.

VIDA PT: Regras para votar, justificar ou transferir seu título para as próximas eleições

VIDA PT: Quais são as diferenças entre o português do Brasil e Portugal?


os mais lidos893 times!

COMPARTILHAR