Para economizar, Portugal deu moedas de 2 euros e recebeu centavos; entenda


Por Branco Cruz.

Uma das vantagens de haver uma moeda única em países diferentes é a possibilidade de troca. Em 2017, Portugal precisava de moedas de 1 e 2 centavos de euro e “comprou” da Irlanda essas peças com moedas de € 2. A informação foi revelada recentemente pelo Banco de Portugal. Na prática, os dois países “trocaram” as moedas.

LEIA TAMBÉM: Entra em vigor lei que combate desigualdade salarial em grandes empresas em Portugal

LEIA TAMBÉM: Salário médio em Portugal aumenta 2% e atinge 922 euros

LEIA TAMBÉM: Curiosidades sobre o Euro, a moeda que completa 20 anos em 2019

Anverso das moedas de 1 e 2 centavos de euro da Irlanda. (Imagem-Ilustração)

Nos últimos anos Portugal percebeu que precisava das moedas de centavos para os trocos e, em vez de mandar a casa da moeda do país fabricar as peças, tomou uma decisão mais econômica, “comprando” 272 milhões de moedas do Banco da Irlanda. Em troca, Portugal enviou 2,1 milhões de moedas de € 2.
Entenda a conta

Portugal recebeu 272 milhões de moedas de 1 e 2 centavos no valor total de € 4,2 milhões divididos da seguinte forma:

  • 123,2 milhões de moedas de 1 centavo, equivalentes a € 1.232.000,00.
  • 148,8 milhões de moedas de 2 centavos, equivalentes a € 2.976.000,00.

A Irlanda, por sua vez, recebeu 2,1 milhões de moedas de € 2, equivalentes a também € 4,2 milhões. Ou seja, a troca de valores ficou no elas por elas.

Como os custos de produção das moedas de 1 e 2 centavos são maiores do que seu valor de face (cerca de 65% maior), Portugal economizou essa quantia na produção, até porque o país não previa produzir em curto prazo novas moedas de pequeno valor.

O euro que vale na Irlanda é o mesmo que vale em Portugal, então, não houve problema. A única diferença é que o anverso das moedas vai exibir os desenhos nacionais de Portugal e da Irlanda em países diferentes.

Anverso da moeda de € 2 de Portugal. (Imagem-Ilustração)

O Banco de Portugal informou que a troca foi acordada em junho de 2017 e foi a maior operação logística em termos monetários do país desde a introdução do euro e a retirada de circulação do escudo em 2002. O acordo foi divulgado em um relatório anual do banco, divulgado no final de 2018.

A Irlanda parou de emitir moedas de 1 e 2 centavos de euro, e as peças estavam sobrando por lá desde que entrou em vigor uma regra de arredondamento de preço. Por exemplo, se algo custa € 32,32 deve ser arredondado para € 32,30 e se algo custa € 33,38 o valor vai para € 33,40.

Portugal, por sua vez, viu um fluxo muito grande de turistas levando moedas de € 2 para o país, injetando mais peças deste valor do que necessitava.

A quantidade de moedas de € 2 em circulação Portugal é tão grande que o país não produz mais as peças (exceto em edições comemorativas) desde 2006. No entanto, essas moedas estavam em falta na Irlanda. A decisão, portanto, agradou os dois lados.


VIDA PT: Quais são as diferenças entre o português do Brasil e Portugal?

VIDA PT: Regras para votar, justificar ou transferir seu título para as próximas eleições

os mais lidos223 times!

COMPARTILHAR